Super User

Super User

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur

NOVO PRAZO DE CANDIDATURAS ÀS ELEIÇÕES PARA A CAO

Logotipo CAO

Após o anúncio da abertura do ato eleitoral para Comissão Diretiva da Comissão de Atletas Olímpicos (CAO) foram levantadas algumas duvidas relativamente ao universo dos atletas com capacidade eletiva e de elegibilidade.

Concretamente, que atletas estariam abrangidos pela designação “atletas participantes nos Jogos Olímpicos, no ativo ou retirados, mas não após o termo da terceira Olimpíada posterior aos últimos Jogos Olímpicos em que tenham participado”. E sobretudo o que fazer quando outras disposições, quer da carta olímpica, quer dos estatutos do COP restringem o exercício de funções ou de representação durante todo o mandato.

Apreciado o assunto decidiu-se rever a orientação anterior pelo que podem candidatar-se ao ato eleitoral da CAO os atletas olímpicos portugueses, no ativo ou retirados, que tenham participado em pelo menos uma das seguintes edições dos Jogos Olímpicos e Jogos Olímpicos de Inverno:

• Atenas 2004;
• Turim 2006;
• Pequim 2008;
• Vancouver 2010;
• Londres 2012;
• Sochi 2014;
• Rio de Janeiro 2016

À luz desta nova determinação, o novo prazo de apresentação de candidaturas foi estabelecido para o período entre 6 de Abril e 17 de Abril de 2017. No entanto consideram-se válidas as Candidaturas já recebidas.

As candidaturas, individuais, devem ser apresentadas mediante o preenchimento do Formulário de Candidatura (em anexo) e posterior envio para o endereço eleicoescao@comiteolimpicoportugal.pt, até ao dia 17 de Abril de 2017.

A partir de dia 20 de Abril de 2017, as candidaturas aceites serão divulgadas nos sites da CAO e do COP na Internet.

Encontra-se igualmente convocada a Assembleia Plenária da Comissão de Atletas Olímpicos para o próximo dia 27 de Abril.

Sobre a CAO

A Comissão de Atletas Olímpicos (CAO) é uma entidade integrada do Comité Olímpico de Portugal que tem como atribuições estatutárias a representação dos atletas no Comité Olímpico de Portugal e entidades oficiais.

A CAO encontra-se representada nas seguintes entidades: Comissão Executiva do COP, Assembleia Plenária do COP e no Conselho Nacional do Desporto.

Consulte os documentos em anexo:

Formulário de Candidatura

Informação sobre os Atletas Elegíveis e Eleitores

Ofício Eleições da Comissão de Atletas Olímpicos

Programa Atletas Speakers - Abertura de Candidaturas

banner speakers 2017

Estão abertas as candidaturas para a 2ª Edição do Programa Atletas Speakers.

 

O programa Atletas Speakers visa dar aos atletas a formação e apoio necessário para que estes possam desenvolver uma atividade como keynote speakers ou palestrantes motivacionais.

 

Esta formação é desenvolvida de acordo com a metodologia da Academia Carla Rocha e é destinado a Atletas Olímpicos.

 

O programa de formação é constituído por 2 momentos distintos:

 

1.Formação em Técnicas de Apresentação:

Local: Sede do COP

Data: 1 de Fevereiro

Horário: 14h – 18h

Esta formação é aberta a todos os atletas olímpicos.

 

2.  Sessões de formação individuais:

Realização de sessões individualizadas com cada atleta.

 

Estas sessões destinam-se aos atletas selecionados para participação no programa.

 

As inscrições no programa são limitadas a 10 atletas. Para as inscrições é necessário gravar um vídeo contento uma breve apresentação pessoal e 3 razões pelas quais deverão participar no programa.

 

Serão selecionados os 10 atletas que demonstrem maior entusiasmo e paixão para participar no programa.

 

O vídeo deverá ser enviado para cao@comissaoatletasolimpicos.com até ao dia 3 de Fevereiro.

 

Mais informações e inscrição na formação em Técnicas de Apresentação para  cao@comissaoatletasolimpicos.com .

 

Mais informações sobre a Academia Carla Rocha em http://www.academiacarlarocha.pt/ .

 

Consultar Regulamento

Atletas de Alto Rendimento Desportivo abrangidos pelo Regime de Seguro Social Voluntário

Logo Segurança Social

Os Praticantes desportivos de alto rendimento que beneficiem de bolsas fixadas ou contratualizadas com o estado e que não estejam abrangidos por um regime obrigatório de proteção social podem efetuar a sua inscrição no Regime do Seguro Social Voluntário (SSV).

O SSV é um regime contributivo de caráter facultativo que tem por objetivo garantir o direito à Segurança Social das pessoas maiores de 18 anos e aptos para o trabalho que não se enquadrem de forma obrigatória nos regimes de proteção social.

Como aderir:

Para aderir ao SSV é necessário que o praticante desportivo de Alto Rendimento se dirija à sua delegação local da Segurança Social, loja do cidadão ou consulado se residente fora do pais. São necessários os seguintes documentos:

  • Requerimento em Formulários de Modelo Próprio: Mod. RV1007-DGSS – Requerimento Seguro Social Voluntário;
  • Fotocópia de Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade, Cédula Pessoal, Certidão de Nascimento ou outro documento de identificação válido e cartão de contribuinte;
  • Certidão médica de aptidão para o trabalho, realizada por médicos do Serviço Nacional de Saúde. No caso de Praticantes desportivos residentes no estrangeiro a certificação é efectuada por declaração do médico assistente do interessado, autenticada pela rede consular portuguesa;
  • Declaração emitida pelo Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P., atestando que está inscrito no Registo de Praticantes Desportivos de Alto Rendimento.

Após a aprovação pela Segurança Social da inscrição no Seguro Social Voluntário, o praticante deve informar o IPDJ, IP, através de preenchimento de formulário próprio. A entrega deste formulário deve ocorrer até 15 dias após a receção da aprovação da Segurança Social.

Para mais informação pode consultar o Portal de Internet da Segurança Social em http://www.seg-social.pt/seguro-social-voluntario.

O pagamento mensal do SSV deve ser efectuado pelo praticante desportivo de alto rendimento nos termos estabelecidos pelos serviços da Segurança Social.

Este terá direito à assunção, por parte do IPDJ, I. P., dos encargos resultantes das contribuições que incidem sobre o primeiro dos escalões da base de incidência contributiva estabelecida na lei geral, correndo por conta do próprio o acréscimo de encargos decorrente da opção por uma base de incidência superior.

O IPDJ, IP, reembolsará o praticante das comparticipações pagas referentes aos meses em que se encontra inscrito no Registo de Agentes Desportivos de Alto Rendimento.

 

Consultar:

 

Seguro Social Voluntário - Informações para atletas

Mais informação sobre o Regime do Seguro Social Voluntário:

 

Seguro Social Voluntário

 

 

ADOP atualiza Lista de substâncias e métodos proíbidos para 2017

LOGO ADOP LAD cores

 

A Autoridade Antidopagem de Portugal atualizou a Lista de Substâncias e Métodos Proíbidos para 2017.

Consulte abaixo os respetivos documentos:

 

Lista de Substâncias e Métodos Proíbidos 2017

 

Programa de Monitorização 2017

 

Formação "Prepara do teu Futuro"

 Banner Prepara o teu Futuro

Comissão de Atletas Olímpicos (CAO) irá organizar a formação “Prepara o teu futuro”.

 

Esta formação surge no seguimento do trabalho que a CAO e o Comité Olímpico de Portugal tem efetuado no sentido de garantir a todos os atletas as melhores condições para a preparação do vosso futuro após a carreira desportiva.

 

Pretendemos disponibilizar aos atletas um acompanhamento individualizado e  personalizado, através do Athlete Career Programme. A formação “Prepara o teu futuro” é o ponto de partida deste acompanhamento.

 

Principais objetivos da formação:

  • Transferir as tuas características para o mercado de trabalho;
  • Identificar capacidades e habilidades desenvolvidas no alto rendimento que são necessárias no mercado de trabalho;
  • Melhorar a tua rede de contatos;
  • Estabelecer uma estratégia para a transição de carreira;

 

A preparação do teu futuro já começou!

 

Informações:

  

Lisboa Maia
23 e 24 de Janeiro 20 e 21 de Fevereiro
14h – 18h 14h – 18h
Comité Olímpico de Portugal Adecco
Travessa da Memória, 36 1300-403 Lisboa Rua Padre António 232, 4470-136 Maia

Inscições e informações para cao@comissaoatletasolimpicos.com 

 

A tua participação é fundamental para preparar-mos o teu futuro.

 

Mais informações sobre o Athlete Career Programme

 

Celebração Olímpica 2016

O Comité Olímpico de Portugal distinguiu hoje os melhores do desporto em 2016 na cerimónia “Celebração Olímpica” que teve lugar no Centro de Congressos de Lisboa e que contou com transmissão televisiva na Sporttv+ em direto. Telma Monteiro, Fernando Pimenta, Teresa Bonvalot, João Brenha, Miguel Maia e Sérgio Maciel foram alguns dos premiados da noite.

Numa sala repleta de convidados, marcada por muitos momentos de entretenimento, um dos pontos altos da noite foi a atribuição das Medalhas de Excelência Desportiva, galardão que premeia os melhores atletas do ano. Telma Monteiro foi a atleta feminina do ano, enquanto Fernando Pimenta foi o atleta masculino de 2016.

No ano de 2016, Telma Monteiro alcançou a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro na modalidade de judo na categoria de -57kg, feito que justifica plenamente a atribuição deste galardão. Já Fernando Pimenta, além de 5º classificado em K1 1000m e 6º em K4 1000m nos Jogos Olímpicos do Rio Janeiro, foi Campeão da Europa em Moscovo em K1 1000m e K1 5000m.

Outros dos galardoados foram João Brenha e Miguel Maia, que receberam a Medalha de Mérito, que se destina a galardoar desportistas que tenham prestado serviços relevantes ao Desporto Nacional ou ao Olimpismo.

Para além de possuírem dos mais relevantes currículos em títulos no voleibol português, e de terem alcançado o 4.º lugar em voleibol de praia nos Jogos Olímpicos de Atlanta em 1996 e de Sidney em 2000, empenham-se ativamente em diversos projetos de responsabilidade social através do desporto junto de crianças e jovens.

Já o Prémio Juventude, que se destina a premiar o atleta nacional, de escalões jovens, que mais se tenha distinguido no ano anterior pela obtenção de resultados de excelência em competições internacionais ao mais alto nível desportivo, com um percurso escolar de mérito, foi atribuído a Teresa Bonvalot, que se fez representar pelo seu pai dado não poder estar presente.

Em 2016, Teresa Bonvalot sagrou-se campeã da Europa de Surf em juniores. A surfista portuguesa de 17 anos assegurou o título no Pena Txuri Pro, Espanha alcançando um triunfo inédito no setor feminino, apenas igualado no masculino por dois atletas desta modalidade olímpica que debutará nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Houve ainda lugar à atribuição do Prémio Ética Desportiva que premeia ações relevantes em prol dos princípios e valores da ética no desporto, suscetíveis de constituir exemplos virtuosos e pedagógicos.

O atleta Sérgio Maciel, que se sagrou campeão da Europa de maratona em C1 Júnior em 2016, durante o Campeonato do Mundo da presente época, teve uma conduta de elevado fair-play quando o seu colega de equipa nacional Marco Apura, que seguia na sua frente na reta final da prova se enganou na meta. Sérgio Maciel, que seguia em segundo lugar, reduziu a sua marcha, chegando mesmo a parar para que Marco Apura pudesse voltar a recuperar e cortar a meta no primeiro lugar, sagrando-se Campeão do Mundo em C1 Júnior. Sérgio Maciel ficou com o segundo lugar no pódio.

Foram ainda atribuídos o diploma “Mulheres e Desporto” do Comité Olímpico Internacional, a Jenny Candeias, figura ímpar da ginástica portuguesa, assim como dois Prémios COP de Prestígio à Imprensa Nacional Casa da Moeda e à Marinha Portuguesa, respetivamente pelas parcerias realizadas que permitiram o lançamento da moeda oficial da Equipa Olímpica de Portugal Rio 2016 e a Casa de Portugal Rio 2016, através da presença do Navio Escola Sagres na cidade que acolheu os Jogos Olímpicos.

A fechar houve ainda tempo para os discursos do Presidente do COP, José Manuel Constantino, e do Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues. O Presidente do COP deixou palavras de agradecimento a todos os que com ele trabalharam ao longo destes quatro anos à frente do COP e de todos os que estiveram no Rio de Janeiro a representar Portugal.

José Manuel Constantino falou ainda do desporto e do seu valor social, destacando que “o maior custo que a sociedade enfrenta é o de ter uma população sedentária e sem hábitos de atividade física e desportiva, com consequências económicas e sociais devastadoras. Por isso, não nos cansamos de repetir que o desporto é um bem público que vale mais que aquilo que custa”.

Tiago Brandão Rodrigues, Ministro da Educação, reafirmou o compromisso de trabalhar de forma próxima com o COP para ajudar a melhorar o Programa de Preparação Olímpica tendo em vista os Jogos Olímpicos Tóquio 2020.

De referir que a cerimónia contou com apresentação de Cecília Carmo que foi coadjuvada por vários atletas olímpicos: Ana Cabecinha, Emanuel Silva, João Pereira, David Rosa, Rui Bragança, Gustavo Lima, Ana Rente e Joana Ramos.

Destaque final para os momentos de entretenimento da cerimónia, protagonizados pela conhecida cantora lírica Sofia Escobar, que interpretou alguns temas oficiais de edições de Jogos Olímpicos das últimas décadas, assim como a atuação de um grupo de ginastas do Ginásio Clube Português.

texto e fotografia: COP

Atletas Speakers - ISEG Welcome Week

O atleta José Costa (Vela) esteve presente no ISEG Welcome Week, ao abrigo do programa Atletas Speakers, efetuando uma palestra motivacional para os jovens alunos de mestrado do ISEG - Lisbon School of Economics & Management da Universidade de Lisboa.

Numa animada palestra que focou nos valores do esforço, dedicação, resiliência e empenho foi possível, através da sua história pessoal, motivar dezenas de jovens a darem o melhor de si e a serem cada vez melhores.

O programa Atletas Speakers visa dar formação para desenvolverem as vossas capacidades enquanto oradores motivacionais, ou seja, habilitar-vos a poderem dar palestras e fazerem intervenções em público, seja a empresas, ou junto de crianças, ou dos mais diferentes públicos.

As histórias de vida dos atletas, a sua capacidade de superação nos momentos de dificuldade e os seus valores constituem um grande exemplo e fator de motivação para todos os sectores da sociedade.

Em breve serão abertas as candidaturas para a edição 2016/2017.

Programa Champ4Life

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Motricidade Humana desenvolveu o projeto Champ4Life que conta já com o apoio do COP, IPDJ, AAOP, SJPF, entre outras entidades. Este projeto decorrerá no Laboratório de Exercício e Saúde da Faculdade de Motricidade Humana, Universidade de Lisboa e é direcionado a antigos atletas de alta competição que apresentam atualmente excesso de peso ou obesidade, são inativos e têm possibilidade de se dirigir à Faculdade de Motricidade Humana.

Ainda numa fase de pré-lançamento, podem inscrever-se para participar neste projeto, com vista à redução da gordura corporal e melhoria da saúde, sem recorrer a medicação ou dietas, e de forma gratuita, enviando um email com o contacto telefónico para champ4life@fmh.ulisboa.pt ou via telefone 960035229 e será avaliado o seu interesse e elegibilidade para participar neste estudo.

Os participantes devem apresentar as seguintes características:

i) ter sido atleta de alta competição e estar no pós-carreira há pelo menos 2 anos;

ii) apresentar peso excessivo/obesidade; 

iii) Atualmente, ser inativo (não faz exercício com regularidade);

iv) Idade: a partir dos 20 anos e até aos 65 anos

v) e estar disponível para deslocar-se à Faculdade de Motricidade Humana para efetuar as avaliações e participar nas sessões educacionais. Estima-se que as avaliações decorram nos meses de Novembro a Janeiro e as sessões educacionais (1 por semana durante 3 meses) decorram de Fevereiro a Abril (calendário sujeito a alterações).

Serão realizadas diversas avaliações do ex-atleta que poderá saber a sua adiposidade total, regional e abdominal, quantas calorias despende em repouso, a sua aptidão física, exames sanguíneos e outros indicadores de saúde.

O ex-atleta terá acesso aos seus relatórios de avaliação e poderá participar em 12 sessões educacionais semanais perfazendo três meses e que compreendem conteúdos enquadrados em cinco temas:

1. Noções básicas da regulação do balanço energético;

2. Princípios e dicas para uma alimentação saudável;

3. Que atividade física e exercício para gerir o peso?

4. Como ultrapassar barreiras e encontrar estratégias para a gestão do peso;

5. Estratégias para manter o peso perdido.

Mais informações em http://www.fmh.utl.pt/pt/investigacao/champ4life

Pág. 1 de 3